• casa-e-tinta; tintas-em-bh; loja-de-tintas; pintura-de-parede
  • lareira; lareira-ecológica; braseiro; lareira-em-casa; lareira-na-decoração
  • noel-marinho-mural-releitura-modernista
  • apartamento- instagramável; reforma-de-apartamento; estilo-industrial; ambientes-integrados; cozinha-aberta
  • cobertura-linear; decoração-de-cobertura; sala-integrada; varanda-integrada; madeira-na-decoração
28 jan

Apê de estilo hygge abrasileirado

Projetos | Interiores Compartilhe no Whatsapp

Hygge; o conceito de difícil tradução criado pelos dinamarqueses, o povo considerado o mais feliz do mundo, serviu de inspiração para a reforma e decoração do antigo apê comprado pela arquiteta Marina Romeiro para viver com seu marido e o cachorro Doty.

O casal morava em Botafogo e resolveu se mudar para a Barra da Tijuca para ficar mais perto da família, do verde e da praia. O imóvel encontrado, num prédio de 40 anos, estava deteriorado, mas apresentava potencial e assim os olhos clínicos e o talento da profissional foram postos em ação. Ao todo foram um mês na elaboração e aprovação do projeto e mais quatro meses entre execução e decor.

Nesse tempo, o apartamento sofreu grandes transformações. A parte elétrica e hidráulica foi renovada e todos os revestimentos antigos e desgastados foram retirados. Depois da reforma, graças à demolição de paredes, os 90 m² "cresceram" e viraram espaços fluidos, bem iluminados e ventilados (isso é ouro no Rio, rsrs) .

HYGGE COM SOTAQUE BRASILEIRO

A paleta neutra e elegante de pisos, marcenaria e paredes inspirada no hygge ganhou sotaque brasileiro com toques de cor nos móveis, tecidos, adornos; e no tapete desenhado por Marina.

Sem dúvida alguma, o ponto alto desse projeto é a integração da área social a partir da retirada da esquadria da varanda e da parede que dividia a cozinha, somadas ao uso de um porta "camarão" entre a sala e a cozinha. Para destacar a sensação de amplitude a arquiteta adotou recursos para criar uma unidade visual. O tijolinho branco, por exemplo, começa na parede principal da sala e invade a varanda, assim como o porcelanato amadeirado, presente no piso de todo o apê.

Como a varanda é a extensão da sala, Marina criou nela um ponto de apoio, com uma bancada e uma cervejeira. "Este espaço é ideal para receber os amigos e deixá-los à vontade. Aliás, nele, o sofá é propositalmente mais profundo, convidando a pessoa a sentar com as pernas pra cima, de forma mais despojada", conta. Como o andar desse apartamento é baixo, é possível apreciar o verde que vem de fora trazendo junto com a brisa a sensação de quintal, que entra pela "casa" através das amplas janelas.

VEJA TAMBÉM: 5 MANEIRAS DE APROVEITAR O ESTILO HYGGE NO BRASIL

O quarto do casal também foi remanejado, ganhando um closed e uma penteadeira, sonhada há muito tempo pela arquiteta. Os banheiros - tanto o da suíte quanto o social - foram totalmente reformados e receberam revestimentos mais contemporâneos. E para a decoração, Marina Romeiro conta que praticamente renovou tudo. "Do antigo apartamento mesmo vieram somente o sofá da sala, o carrinho da varanda, o sofá cama do escritório e a cama de casal".

Em resumo, esse novo apê leve, acolhedor, cheio de vida e frescor está pronto para os prazeres do dia a dia que a vida pode oferecer, sejam grandes ou singelos. E não é esse um dos segredos do bem-estar dinamarquês invadindo as praias cariocas?

Fotos: Lilia Mendel


VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM