• apartamento-repaginado; reforma-sem-quebradeira; decoração-suave; cama-debaixo-da-janela; decoração-rosé
  • https://www.youcanfind.com.br/?lerMais=1
12 jul

​Loft Galeria

Projetos | Interiores Compartilhe no Whatsapp

Basicamente uma caixa branca, urbana, um espaço que interferisse o mínimo possível para que as inúmeras obras de arte do cliente pudessem sobressair; esse foi o conceito pensado pelo arquiteto Túlio Xenofonte ao projetar mais um loft neste mesmo prédio.

O imóvel é um loft duplex de 60 m², em São Paulo, com uma vista que deveria ser também aproveitada: Praça Alexandre de Gusmão e o Parque do Trianon. O cliente é um empresário do ramo imobiliário do Rio de Janeiro que precisava de um pied-à-terre na capital paulista. E o arquiteto, Túlio Xenofonte, um expert quando o assunto é loft. Só neste prédio, com este ele já assinou quatro! Mas, apesar de já ter feito outros projetos no mesmo edifício, com plantas semelhantes, o briefing neste caso foi totalmente diferente, pois o proprietário possui um acervo expressivo de obras de arte e pediu que todas as peças ficassem expostas. Assim nasceu o Apartamento Trianon, onde cada tela, cada escultura, cada peça e cada móvel assinado ganhou o seu lugar.

Para viabilizar a demanda do cliente e fazer um conceito "galeria", ou caixa branca para receber as obras, a reforma foi completa, com grandes mudanças de layout, incluindo a alteração da posição e formato da escada existente, que antes era estreita, metálica e helicoidal. "No lugar da helicoidal, fizemos uma escada tradicional e em nova posição, o que melhorou muito o aproveitamento dos ambientes nos dois pavimentos do loft", conta Túlio. Mas as modificações não pararam por aí. A cozinha, que era fechada, foi aberta e integrada ao living e o banheiro da suíte no segundo pavimento, que antes tinha planta convencional, foi dividido em duas áreas: banho e banheira abertos e sanitário e bancada da pia fechados para conferir privacidade.

NA PALETA BRANCO E VERMELHO

No quesito revestimento, o mármore foi o eleito para acompanhar a paleta essencialmente branca, e eu quero que você repare no piso de vidro do andar superior que cobre o pé direito duplo. Essa estratégia permitiu um melhor aproveitamento e distribuição dos espaços no segundo andar sem perder a característica de loft duplex do apê. Para esquentar visualmente, Tulio inseriu a cor vermelho que, além dos armários e eletros na cozinha, aparece também com toda a sua vibração na cabeceira da cama de couro no modelo Barcelona.

Foram 3 meses entre a elaboração e aprovação do projeto e mais oito meses entre reforma, decoração, segurança e luminotécnico, sendo estes dois últimos criados especialmente para o acervo cujas as obras de arte e design passam por nomes como Joaquim Tenreiro, Oscar Niemeyer, Lucio Costa, Fasanello, Scapinelli, Amílcar de Castro, Pennacchi Manabu Mabe, Volpi, Burle Marx, e muitos outros.

VEJA TAMBÉM: UMA CASA GALERIA, PROJETO DO ESCRITÓRIO TRIPTYQUE.

Fotos: Rafael Renzo

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM