• 5-itens-decor-para-comecar
  • 9-dicas-para-uma-cozinha-perfeita
  • como-aliviar-o-stress-de-maneira-rapida
  • boa-vista-sion; móveis-planejados; móveis-para-casa
  • casa-e-tintas
25 fev

​Como Aproveitar O Conceito Kintsugi Na Sua Casa

Interiores | Podcasts

DÊ PLAY: Quebrou, jogou fora? Nada disso; a beleza e o valor podem estar justamente na imperfeição e isso se aplica mesmo quando estamos falando de décor. Saiba como aproveitar o conceito Kintsugi, ou a arte de abraçar as imperfeições, na sua casa.

Há algum tempo tenho falado; por aqui, na rádio e em palestras, que a nossa casa - a minha, a sua e a de todo mundo - não precisa ser impecável tipo vitrine de loja. Eu sei que durante alguns anos o "chique" era uma decoração "grifada" e de preferência com a "assinatura" do profissional que fez o projeto; ou seja, a "cara" dele, não a nossa. Mas isso mudou.

E dentro desse conceito descobri o Kintsugi ou Kintsukuroi; que é a arte de abraçar as imperfeições. Na realidade essa é uma técnica milenar japonesa que consiste na restauração da cerâmica, mas vale transportar o conceito para a decoração.

No Kintsugi os japoneses consertam os objetos quebrados e ao invés de esconder as partes danificadas, eles as exaltam preenchendo as trincas com ouro em pó; o que torna a peça mais forte, mais bonita, mais valiosa do que a original e muito procurada por colecionadores.

Mas e na decoração, onde o Kintsugi se aplica? Nas pequenas coisas que nos acompanham. É aquela poltrona, adorno, mesa e banco surrados, por exemplo, que você poderá sempre restaurar respeitando suas cicatrizes para que essas peças continuem nos contando suas histórias e compondo um ambiente mais afetivo. Bora, olhar nossa casa com olhos mais gentis?

Eu sou Janina Ester para o Decór e Arte e este podcast foi ao ar na Rádio Alvorada dia 04/01/19.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM