• casa-e-tinta
  • amplio-moveis
  • integrada-a-paisagem
  • o-apartamento-galeria-de-fernanda-marques
23 aug

10 Detalhes Imperdíveis na Casa Cor MG 2018

Interiores | Garimpo
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Armazém CASACOR de Ø Arquitetos, Filipe Pederneiras, Thiago Bandeira e Katarina Grillo para Casa Cor MG 2018.

Este ano a Casa Cor MG está incrível e eu sei que apenas uma visita à casa não basta para absorver todas as informações, tendências, soluções e novos materiais. Então eu separei 10 detalhes imperdíveis para quem ainda não foi e para quem pretende voltar "n" vezes com eu, rsrs.

A MESA DO ARMAZÉM

O trio por trás desse espaço tem nome diferente, Ø Arquitetos, e é composto pelos jovens Filipe Pederneiras, Thiago Bandeira e Katarina Grillo.

O Armazém feito por eles chama atenção pela harmonia entre o espaço, no caso o antigo casarão com seu pé direito alto e piso original em tacos de peroba do campo, e a modernidade das linhas e materiais escolhidos; aço e mogno africano reflorestado. Lindas estantes iluminadas emolduram o que eu achei o ponto alto desse projeto: a longa mesa em aço que serpenteia pelo ambiente de forma orgânica e acolhedora. Detalhe: todo o mobiliário de apoio, assim como as luminárias de aspecto industrial, foi desenhado por eles.

UMA TEIA E ALGUNS RELÓGIOS

Quando você chegar à bilheteria do evento, olhe para cima (aliás, essa dica vale para todos os ambientes). Sobre o grande balcão da recepção uma trama tecida à mão por Ana Vaz em palha de seda pura envolve quilos e quilos de carvão numa referência à memória do lugar. Esse projeto foi feito por Alexandre Rousset e Ana Vaz com delicadeza e sensibilidade. Passado o impacto gire um pouco para a direita e veja a galeria de relógios perfilados e você, como eu, poderá algumas sensações. Eu por exemplo, tive duas: a nostalgia da infância na casa dos meus avós e a sensação do inexorável passar do tempo.

CLIMA DE CASA DE VÓ

Depois de caminhar pela Casa, absorver cores, impressões e estímulos diversos foi para mim um bálsamo chegar à Casa Tereze feita por Antônio Valladares, Joana Hardy e Tereza do Prado. O ambiente que aposta na suavidade da paleta das cores cruas realçadas pela iluminação pontual, apesar de ter fina curadoria de móveis, com muitas peças assinadas, nos traz um "quê" familiar com suas plantas, música, objetos e identidade brasileira, sempre atemporal. É chique sem ser esnobe. A dica desse espaço é (de novo): olhe para cima! Você verá uma pintura incrível no teto!

A FOTO DE DANIEL MANSUR

Mea culpa. Confesso, na primeira vez que visitei a Casa Cor não vi o imenso painel com a obra Epecuén do fotógrafo Daniel Mansur que percorre a Estufa Criativa Uni BH feita pelo escritório Dois Arquitetura, de José Ricardo Fois e Renata Rocha e Rafael Yanni. A passagem por esse misto de Coworking, home-office, biblioteca, estúdio e laboratório é obrigatória, seja para ver a boa distribuição do espaço com sua mesa orgânica em pinus, MDF e latão, fabricação digital dos arquitetos, seja para admirar a obra de Mansur que nos hipnotiza e faz a mente voar.

O LUXO DA BRASILIDADE

Não sei você, mas eu estou cansada de quartos de bebês clichês, então foi uma agradável surpresa o Quarto Origens de Cynthia Silva, que depois descobri ser bem mais que uma arquiteta, mas também uma verdadeira artista, mas falo disso depois, haha. Seu ambiente tem aquela simplicidade elegante, luxuoso sem fazer força. Observe que Cynthia trouxe para esse espaço, em mobiliário autoral, ou seja, pensado e desenvolvido por ela, a mineiridade da pedra sabão, na banheira esculpida, e a brasilidade do angelim da palhinha que aparecem nos móveis e no enxoval em algodão cru e a universalidade de Sérgio Rodrigues com a Poltrona Mole. Mais chique, impossível!

OS NINHOS DE JOÃO CONGO

Tá certo que a Sala Restauro feita por Geraldo Ferreira é belíssima e faz jus ao nome. O ambiente que fica logo à entrada do evento, dando boas vindas aos visitantes, é um ambiente contemporâneo que dialoga com o casarão e eu poderia falar do tapete desenhado para reproduzir os veios do mármore, ou do chifre de veado com mais de 20 anos sobre um pedestal, ou da poltrona Niemeyer, um clássico do design brasileiro, mas, para mim, o impressionante desse espaço e para onde seu olhar deve se voltar é, sem dúvida, a instalação "João Congo", obra da artista plástica baiana Valdelice Neves com ninhos desse pássaro amazônico que, reza a lenda, é o mais inteligente do planeta.

UMA ESCADA ESTRATÉGICA

Feito também por jovens, André França, Paula Freitas e Rute Zocrato, que tiveram apenas 24 horas para conceber esse ambiente no Archaton, O Loft Compacto do Jovem traduz bem o novo jeito de morar onde tudo se integra e tudo está à mão. Sem falar que adorei a composição das cores, super atual, com muito preto, branco, cinza e rosa. Mas a grande sacada desse ambiente que ao primeiro olhar pode passar despercebida é a estratégica escada que se encaixa na bancada delimitando estar social e cozinha e que leva ao mezanino onde fica o quarto.

A ALTURA DO MÓVEL

O Gabinete 71 feito pelos jovens Felipe Soares e Sarah James tem perfume vintage. Penso que muito dessa sensação é conferida pelas cores usadas no ambiente, todo embalado num verde retrô combinado com o rosa seco que ficou bem bonito. Mas o que mais me chamou atenção aqui foi a altura da estante bem baixinha que corre de fora a fora na parede, abaixo da janela, formando uma biblioteca horizontal e deixando tudo à mão para quem estiver refestelado na poltrona high-tech. Amo essa proporção!

UMA PILHA DE TIJOLOS BRUTOS

Eu poderia falar linhas e linhas da pegada cosmopolita do Living de Pedro Felix que já lhe rendeu (em tempo recorde) até uma publicação na AD, Architectural Digest Russa. Poderia dizer da marcenaria refinada e das obras de arte que incluem o bom design modernista brasileiro, com fina curadoria, mas eu quero chamar atenção mesmo é para a parede que ele montou sobre as costas do sofá toda em tijolos brutos, formando um grande mosaico. Belíssima.

UMA CAMA LISTRADA

Preste bastante atenção ao Loft de Ana Bahia. Este ambiente que preservou ao máximo as características originais do casarão, como as paredes descascadas, é feito de sutilezas e "feminices", pois foi inspirado na mulher. Por isso chamo atenção para a cama listrada em P&B. Ousada como só uma mulher consegue ser!

PAREDES DE PAPELÃO

Penso que construir um espaço passe também por desconstruí-lo e que fugir de clichês e fórmulas para trilhar seu próprio caminho seja a verdadeira tendência. Por isso, todos os meus aplausos para Carlos Alberto Maciel que levou a Livraria da Rua para dentro da Casa Cor com seu painel de madeira que serve de suporte para os livros e obras de arte, os móveis modulares em madeira e aço, as luminárias desenvolvidas por ele em papel vegetal e - a grande sacada - paredes de papelão ondulado. Simples e genial.

Fotos: Jomar Bragança, Gustavo Xavier, Daniel Mansur

casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Bilheteria + Loja de Alexandre Rousset e Ana Vaz para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Casa Tereze de Antônio Valladares, Joana Hardy e Tereza do Prado para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Estufa Criativa UniBH de Dois Arquitetura, José Ricardo Fois, Renata Rocha e Rafael Yanni para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Quarto Origens de Cynthia Silva para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Sala Restauro de Geraldo Ferreira para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Loft Compacto do Jovem de STUDIO SIMPLÍ, André França, Paula Freitas e Rute Zocrato para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Gabinete 71 de Felipe Soares e Sarah James para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Ambiente de Pedro Felix, Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Loft de Ana Bahia para Casa Cor MG 2018.
casa-cor-mg-2018; ambientes-casa-cor-mg-2018; decoração; ambientes; interiores
Livraria da Rua de Carlos Alberto Maciel para Casa Cor MG 2018.

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM