• casa-e-tinta; pintura; cor; decor; decoração; lojas-casa-e-tinta
  • centenaria-madeira; madeira; wood; decoração; decor
  • loft-de-pegada-industrial-em-londres; loft; pegada-industral; decor-industral; decor; decoração; loft-em-londres
  • decor-monocromático; cor; monocromatico; decor; uma-cor; tom
  • geladeiras-customizadas; geladeira-samsung; geladeira-bespoke; bespoke; geladeiras; geladeiras-personalizadas
  • 30-itens-para-montar-um-aparador-arrasa-quarteirão; aparador; decoração; itens-para-decorar; aparadores; decoração-de-aparadores
16 abr

Por que a maior feira de decoração do planeta não precisa ser visitada (se você não quiser!)

Destino

Todos os anos, nessa época, é a mesma coisa: revoada de profissionais da Arquitetura e Decoração do mundo todo arrumam as malas e embarcam para a Itália, e não é atrás de bons vinhos e massas, embora tais motivos nobres possam estar também entre os objetivos da viagem. A principal razão desta revoada é a Feira de Milão, o maior evento de decoração do planeta. A mostra que vai ditar para o próximo ano, e alguns vindouros, as tendências da sua casa e da minha. Mas, vamos combinar? Feira, por mais bacana que seja, é feira. Uma overdose de informação, muita gente circulando, estandes fechados e muita pose. Assim, se você tiver um pezinho na claustrofobia e não gosta de frescura, sugiro fazer o circuito paralelo, tão cheio de charme e novidades décor quanto o evento "mãe".

SAIA DO ÓBVIO

Durante esses sete dias, Milão respira design por todos os poros. Ou melhor, esquinas. Torna-se a incontestável vitrine da decoração, da arte e do design mundiais, pois é quando os olhos de todas as cadeias que compõem este cobiçado setor se voltam para a "bota" e seria loucura perder essa oportunidade de mostrar seu produto, serviço ou talento. Ou tudo junto, se quiser.

Uma infinidade de mini eventos descolados misturam arte, moda, design, e decoração também, em torno da feira e por toda a cidade. Sem falar do Fuorisalone, uma espécie de evento paralelo à feira que começou pequeno nos anos 80 e cresceu tirando partido da atmosfera festiva da cidade e revelando talentos desconhecidos, mas não menos criativos, vitrines arrojadas, exposições, happenings, instalações, performances, palestras, workshops e eventos culinários pipocam pela cidade e se você mantiver seu olhar atento perceberá que todas as tendências que estão lá dentro da Fiera Rho podem ser vistas também lá fora, pelas ruas de Brera, Lambrate e Via Tortona. Ah, e se você preferir se esbaldar de massas e vinhos, tá valendo!

Matéria de Janina Ester

Foto: web

VOCÊ PODE GOSTAR TAMBÉM
                     

 

 

INSTAGRAM
   Follow Me    ESTAMOS AQUI TAMBÉM